Núcleo de Estudos de Economia Catarinense
  • Casos ativos sofreram redução de 15% na última semana

    Publicado em 08/08/2022 às 9:04

    Foi publicada a edição de número 31 do Informe Semanal, com o título “Casos ativos sofreram redução de 15% na última semana” e assinada pelo professor Lauro Mattei, coordenador geral do NECAT/UFSC. Para fazer a leitura completa, basta clicar aqui ou acessar a aba Informes Semanais


  • Possível impacto financeiro da redução de 8% do ICMS sobre as finanças de Santa Catarina

    Publicado em 04/08/2022 às 15:30

    Lauro Mattei[1]

    Juliano Giassi Goularti[2]

    Introdução

    Diante do aumento contínuo dos preços dos combustíveis no país, o deputado Danilo Forte (PSDB-CE) apresentou na Câmara Federal, no dia 18.05.2022, o Projeto de Lei Complementar (PLP) nº 18/22 considerando que, para fins de tributação, os combustíveis, energia elétrica, comunicações e transportes coletivos fossem tratados como itens essenciais, portanto não podendo ser tratados como supérfluos. Para o referido Deputado, a legislação tributária é omissa quanto às referidas essencialidades, razão pela qual sua proposta busca impedir que esses itens sejam considerados equivalentes a produtos com alíquotas maiores por serem considerados supérfluos, como são os casos de bebidas e perfumes. Segundo o deputado, tal projeto atende ao princípio da seletividade tributária presente na Constituição Federal, que prevê alíquotas menores para produtos e serviços essenciais.
    Continue a leitura » »


  • Informativo NECAT – 5ª edição: Julho de 2022

    Publicado em 03/08/2022 às 9:26

    Foi publicada a edição de número 5 do Informativo NECAT.
    Para fazer a leitura completa, basta clicar aqui ou acessar a aba Inf. Necat Edição atual


  • Mesmo com aumento em maio, volume de serviços em SC segue com saldo negativo no ano de 2022

    Publicado em 02/08/2022 às 9:55

    Matheus Rosa*

    Lauro Mattei**

    A Pesquisa Mensal dos Serviços (PMS/IBGE), relativa ao mês de maio/22 e divulgada em julho/22, mostrou a continuidade do ritmo expansivo do volume de serviços prestados, tanto no Brasil como em Santa Catarina. No âmbito nacional, a variação de 0,9%, ainda que tímida, registra o terceiro aumento seguido e situa o índice do setor no seu maior nível do ano. Com isso, o setor se encontra no patamar de 8,4% acima do último percentual do período pré-pandemia. De forma similar, Santa Catarina registrou expansão de 3,3% no referido mês, maior patamar do índice desde o início de 2022, mesmo que os meses anteriores tenham apresentado instabilidade nos resultados, especialmente na comparação mês a mês.
    Continue a leitura » »


  • Os novos casos ficaram abaixo de 10 mil por semana após dois meses

    Publicado em 01/08/2022 às 11:08

    Foi publicada a edição de número 30 do Informe Semanal, com o título “Os novos casos ficaram abaixo de 10 mil por semana após dois meses” e assinada pelo professor Lauro Mattei, coordenador geral do NECAT/UFSC. Para fazer a leitura completa, basta clicar aqui ou acessar a aba Informes Semanais


  • Comércio varejista catarinense registra nova expansão do volume de vendas

    Publicado em 29/07/2022 às 14:03

    Guilherme Ronchi Razzini*

    A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC-IBGE), divulgada em julho e com dados referentes ao mês de maio de 2022, apresentou expansão tímida do volume de vendas no cenário nacional (0,2%). No cenário estadual o resultado foi ligeiramente superior (1,3%). Na comparação com o cenário pré-pandemia, ou seja, no comparativo entre fevereiro de 2020 e abril de 2022, o setor apresenta expansões em nível nacional e estadual, com variações de 1,18% e 13,4%, respectivamente.
    Continue a leitura » »


  • Mercado de trabalho formal em maio: Santa Catarina mantém fraco ritmo de crescimento

    Publicado em 28/07/2022 às 14:38

    Andrey de Paula e Silva[1]

    Victor Hugo Azevedo Nass[2]

    Dando sequência às análises mensais sobre a evolução do mercado formal de trabalho no Brasil e em Santa Catarina, no texto que segue analisam-se informações relativas ao mês de maio de 2022, de acordo com os resultados do Novo CAGED. Para isso, serão considerados os saldos mensais e as variações relativas do emprego formal por grupamento de atividade econômica, de gênero, de escolaridade, de faixa de remuneração, das mesorregiões catarinenses e do desempenho das maiores cidades do estado.
    Continue a leitura » »


  • Indústria catarinense mantém ritmo expansivo em maio

    Publicado em 26/07/2022 às 15:36

    Matheus Rosa*

    Os resultados da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE (PIM-PF/IBGE), divulgados em julho e referentes ao desempenho de maio, revelaram um cenário de manutenção do ritmo de estagnação nacional e a consolidação da expansão catarinense na série mensal com ajuste sazonal. No primeiro caso, o resultado de 0,3% é a quarta variação estagnativa seguida na série mensal, configurando um quadro anual no qual nenhuma expansão de curto prazo foi registrada. No caso catarinense, a expansão de 1,6% consolida a expansão de 3,9% registrada em abril e delimita um horizonte positivo para a atividade industrial catarinense no curto prazo, ainda que a comparação interanual continue ligeiramente negativa.
    Continue a leitura » »


  • A pandemia continua em expansão no estado de SC

    Publicado em 25/07/2022 às 10:24

    Foi publicada a edição de número 29 do Informe Semanal, com o título “A pandemia continua em expansão no estado de SC” e assinada pelo professor Lauro Mattei, coordenador geral do NECAT/UFSC. Para fazer a leitura completa, basta clicar aqui ou acessar a aba Informes Semanais


  • Da reabertura de prazo de opção pelo “novo” RPPS

    Publicado em 22/07/2022 às 9:58

    Luciano Fazio[1]

    INTRODUÇÃO

    Até 30 de novembro de 2022 é facultada ao servidor civil da União que ingressou no cargo efetivo do serviço público antes de 2013[2] novamente a opção pelo “novo” RPPS, constituído pelas regras do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), criadas pela lei nº 12.618/2012, que instituiu o Regime de Previdência Complementar (RPC).
    Continue a leitura » »


  • 763 mil pessoas acima de 50 anos de idade sequer tomaram a primeira dose de reforço

    Publicado em 19/07/2022 às 15:15

    Lauro Mattei[1]

    Inicialmente é necessário destacar, mais uma vez, a importância da vacinação para o conjunto da população, uma vez que somente um percentual elevado de pessoas imunizadas irá propiciar a chance concreta de controlar em definitivo a atual pandemia. Por isso, a ciência tem seguidamente reafirmado a necessidade de tomar também as doses de reforço dos imunizantes visando manter o maior número possível de pessoas protegidas, passo considerado essencial para cortar o círculo virtuoso do novo coronavírus. Além disso, a ciência também confirmou que as pessoas mais idosas e com comorbidades são os grupos sociais mais vulneráveis ao novo coronavírus. Por isso, esse público foi priorizado desde o início do programa de imunização da população do país.
    Continue a leitura » »


  • Óbitos por Covid-19 em SC continuam em um patamar elevado

    Publicado em 18/07/2022 às 10:50

    Foi publicada a edição de número 28 do Informe Semanal, com o título “Óbitos por Covid-19 em SC continuam em um patamar elevado” e assinada pelo professor Lauro Mattei, coordenador geral do NECAT/UFSC. Para fazer a leitura completa, basta clicar aqui ou acessar a aba “Informes Semanais


  • 235 mil catarinenses entre 20 a 49 não completaram o esquema primário de vacinação contra a covid-19

    Publicado em 14/07/2022 às 14:21

    Lauro Mattei[1]

    A vacinação da população catarinense contra a Covid-19 continua apresentando graves problemas quando ela é analisada a partir das diferentes faixas etárias da população, conforme é mostrado no Quadro 1, que considere a população entre 20 e 49 anos de idade.
    Continue a leitura » »


  • 183 mil jovens catarinenses entre 12 a 19 não completaram o esquema primário de vacinação contra a covid-19

    Publicado em 13/07/2022 às 14:35

    Lauro Mattei[1]

    A vacinação da população catarinense contra a Covid-19 continua apresentando graves problemas quando ela é analisada a partir das diferentes faixas etárias da população, conforme é mostrado no Quadro 1, que considere a população adolescente entre 12 e 19 anos de idade.
    Continue a leitura » »


  • O fracasso da vacinação infantil em SC: 544 mil crianças não tomaram sequer a primeira dose da vacina contra a covid19

    Publicado em 12/07/2022 às 14:20

    Lauro Mattei[1]

    Ao longo das últimas décadas o Brasil se tornou uma referência mundial na vacinação infantil, inclusive com erradicação de doenças infectocontagiosas que ainda persistem em alguns países desenvolvidos. Anualmente as campanhas de vacinação eram bem sucedidas e uma imensa parcela da população aderia aos distintos programas de imunização das crianças incentivada pelo Governo Federal.
    Continue a leitura » »