Serviços prestados às famílias na liderança do setor de serviços catarinense em set/22

30/11/2022 13:01

Matheus Rosa*

Guilherme Ronchi Razzini**

A Pesquisa Mensal dos Serviços divulgada pelo IBGE nas últimas semanas com resultados referentes ao volume de serviços de setembro apresentou um cenário de manutenção do crescimento verificado nos últimos meses. Nacionalmente, o índice registrou a expansão de 0,9% em relação ao mês imediatamente anterior, mantendo a tônica expansiva e de ritmo reduzido. Em Santa Catarina o resultado mensal teve maior fôlego, com variação de 2,6% frente o nível de agosto, consolidando a terceira expansão consecutiva do índice pela perspectiva mensal.
(mais…)

Varejo catarinense registra quarta retração consecutiva

29/11/2022 11:08

Guilherme Ronchi Razzini*

A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC-IBGE) divulgada em novembro e com dados referentes ao mês de setembro de 2022 registrou alta de 1,5% no volume de vendas no mês de setembro, após três meses sem registrar expansões. No estado de Santa Catarina, por outro lado, houve registro de retração de -2% no volume de vendas, sendo esse o quarto mês de quedas consecutivas no estado. Da perspectiva da série interanual houve expansão de 1% no cenário nacional e de 2,1% no cenário estadual, evidenciando um setembro com volume de vendas superior a setembro do ano anterior.
(mais…)

TD 050/2022 – A Crônica da Subordinação Consentida

18/11/2022 10:32

Texto para Discussão 050/2022, escrito por um conjunto de professores e pesquisadores, tem como objetivo apresentar para a sociedade brasileira um diagnóstico da estagnação da economia brasileira dos últimos 10 anos. Trata-se de um diagnóstico que diverge fundamentalmente da narrativa neoliberal que atribui a uma alegada “nova matriz macroeconômica” – vagamente definida como um “excesso de intervenção do Estado na economia” após a crise financeira internacional de 2008 – a responsabilidade tanto pela grande recessão de 2014-2016, como pelo crescimento medíocre que se seguiu a mesma.

Confira este e outros trabalhos na aba Textos para Discussão.

Até agosto foram criados 100 mil postos formais de trabalho em 2022

28/10/2022 12:41

Andrey de Paula e Silva*

Pedro Henrique Batista Otero**

Dando sequência às análises mensais sobre a evolução do mercado formal de trabalho no Brasil e em Santa Catarina, analisam-se as informações relativas ao mês de agosto de 2022, de acordo com os resultados do Novo CAGED divulgados recentemente. Para isso, foram considerados os saldos mensais e as variações relativas do emprego formal por grupamento de atividades econômicas, gênero, escolaridade, faixas de remuneração e mesorregiões catarinenses, além do desempenho do indicador nas maiores cidades do estado.
(mais…)

PEC das Bondades não é suficiente e varejo registra retração em agosto

27/10/2022 13:52

Guilherme Ronchi Razzini*

A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC-IBGE) divulgada em outubro e com dados referentes ao mês de agosto de 2022, os resultados foram amargos para aqueles que esperavam que com os recursos da PEC das Bondades o varejo iria reagir, na realidade houve retração (-0,6%) pelo terceiro mês consecutivo. No cenário estadual, também houve retração, porém de forma menos intensa (-0,2%). Na perspectiva da série interanual houve retração de -0,7% no volume de vendas nos dados nacionais, e expansão de 4,2% no estado catarinense. Na comparação com o cenário pré-pandemia, ou seja, no comparativo entre fevereiro de 2020 e agosto de 2022, o setor apresentou retração em nível nacional (-2,9%) e expansão em nível estadual (11,6%).
(mais…)

Produção industrial catarinense apresentou forte queda no mês de agosto de 2022

26/10/2022 14:03

Matheus Rosa*

Os resultados da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE (PIM-PF/IBGE) referentes ao desempenho de agosto/22, recentemente divulgados, mostraram um quadro de manutenção da tendência de estagnação do setor industrial em nível nacional com quedas dispersas em algumas Unidades da Federação (UFs). Em Santa Catarina, especialmente, registrou-se a considerável retração de -4,3% em relação ao nível de julho/22, anulando uma sequência expansiva que estava consolidada desde maio/22 na série mensal com ajuste sazonal.
(mais…)

POBREZA E FOME NO BRASIL E EM SANTA CATARINA NO CONTEXTO DA PANDEMIA DA COVID-19 – 21ª EDIÇÃO DA REVISTA NECAT

07/10/2022 14:46

Passados mais de dois anos e meio da pandemia e diante da continuidade da grave crise econômica e social que tomou conta do país, a Revista NECAT apresenta um número especial dedicado aos principais impactos sociais da Covid-19 no país e no estado de Santa Catarina. Este número representa a sequência dos trabalhos que o NECAT/UFSC vem realizando desde a chegada ao país da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Para tanto, estão sendo realizados estudos e pesquisas, além da promoção de debates, com o objetivo de estimular uma melhor compreensão do momento histórico que as sociedades brasileira e catarinense estão enfrentando para superar alguns dos principais desafios colocados pelo atual estágio do desenvolvimento socioeconômico do país.
(mais…)

Volume de serviços em Santa Catarina atinge maior nível da pandemia em julho/22

04/10/2022 13:03

Matheus Rosa*

Guilherme Ronchi Razzini**

Os dados recentemente divulgados pela Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE (PMS-IBGE) sobre o desempenho das atividades de serviços em julho de 2022 mostram a manutenção da tendência expansiva que tem caracterizado o setor desde a superação dos choques iniciais da pandemia. Nacionalmente, se verificou a expansão de 1,1% frente o nível de junho, reeditando a terceira alta mensal consecutiva. Já em Santa Catarina a expansão de 3,1% reverteu a breve queda de junho e consolidou a terceira expansão mensal do ano. Em ambos os casos o resultado de julho faz com que o índice de volume de serviços se encontre no nível mais alto desde o início da pandemia.
(mais…)

Varejo registra retração novamente e contraria expectativa do mercado

28/09/2022 12:17

Guilherme Ronchi Razzini*

A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC-IBGE) divulgada em setembro e com dados referentes ao mês de julho de 2022 apresentou resultados na contramão das expectativas do mercado para o comércio varejista, as quais previam expansão de cerca de 0,30% na comparação mês a mês, porém o resultado foi de uma retração de -0,7%. No cenário estadual, também houve retração, porém de forma menos intensa (-0,1%). Na perspectiva da série interanual houve retração em ambos cenários, com queda de -6,1% no volume de vendas nos dados nacionais, e de -8,1% no estado catarinense. Na comparação com o cenário pré-pandemia, ou seja, no comparativo entre fevereiro de 2020 e julho de 2022, o setor apresentou retração em nível nacional (-3,8%) e expansão em nível estadual (11,4%).
(mais…)

Em julho Santa Catarina registrou o menor saldo de vagas formais de trabalho no ano de 2022

27/09/2022 10:48

Andrey de Paula e Silva*

Dando sequência às análises mensais sobre a evolução do mercado formal de trabalho no Brasil e em Santa Catarina, analisam-se informações relativas ao mês de julho de 2022, de acordo com os resultados do Novo CAGED divulgados recentemente. Para isso, são considerados os saldos mensais e as variações relativas do emprego formal por grupamento de atividades econômicas, gênero, escolaridade, faixas de remuneração e mesorregiões catarinenses, além do desempenho do indicador nas maiores cidades do estado.
(mais…)

971 mil catarinenses estavam em situação de pobreza ao final de 2021

22/09/2022 14:45

Lauro Mattei*

Uma das heranças históricas que ainda marca o conjunto da sociedade brasileira contemporânea é a existência de níveis elevados de pobreza e de desigualdade social, fenômenos sociais que se explicitam distintamente em todo o território nacional e que exigem novas estratégias de desenvolvimento para que os objetivos sustentáveis do milênio possam ser efetivamente atingidos. Tal meta é essencial para que seja garantida a sobrevivência das gerações futuras em condições adequadas. De natureza histórico-estrutural, tal problema nem sempre é tratado adequadamente pelos gestores públicos, particularmente quando se fixam metas e objetivos de políticas públicas voltadas à erradicação desse flagelo social.
(mais…)

Enquanto produção industrial nacional se mantém estagnada, a indústria catarinense se expande

21/09/2022 13:44

Matheus Rosa*

A Pesquisa Industrial Mensal do IBGE (PIM-PF/IBGE), divulgada em setembro/22 e com resultados referentes ao desempenho industrial de julho/22, mostrou um novo avanço da produção física catarinense na série mensal com ajuste sazonal, com o registro expansivo de 1,9% em relação ao índice de junho. Enquanto isso, o resultado nacional manteve a tendência de estagnação que tem caracterizado a trajetória do setor ao longo do ano, apresentando apenas uma variação mensal de 0,6%.
(mais…)

A fome atinge aproximadamente 900 mil pessoas em SC

20/09/2022 10:57

Lauro Mattei*

Há mais de um século sabemos que a fome não é obra da natureza. Desde o clássico livro “Geografia da fome: o dilema brasileiro – pão ou aço”, de Josué de Castro e com primeira edição publicada em 1946, sugere-se que esse fenômeno social seja debatido à luz dos ensinamentos desse autor. Para ele, a fome não era resultado da expansão da população e nem do quantitativo de alimentos disponível, mas sim das relações sociais perversas que levavam à conformação de sociedades extremamente desiguais em diversas partes do mundo em função da má distribuição da riqueza, cada vez mais concentrada. Além disso, o autor destacou no início de sua obra que interesses e preconceitos de ordem moral, econômica e política da chamada “civilização ocidental” tornaram a fome um tema proibido ou até mesmo de difícil abordagem.
(mais…)

Santa Catarina atinge maior nível de ocupação da série histórica da PNAD Contínua no 2º trimestre de 2022

01/09/2022 13:28

Vicente Loeblein Heinen*

Santa Catarina se destacou na divulgação da PNAD Contínua referente ao 2º trimestre de 2022 por registrar o maior nível da ocupação em toda a série histórica da pesquisa (iniciada em 2012). O indicador atingiu a marca de 65,8% no estado, significando uma alta de 4,6 pontos percentuais (p.p.) em relação ao mesmo período de 2021 e de 2,8 p.p. comparativamente a 2019, ou seja, antes da pandemia. Trata-se também do melhor resultado entre todas as unidades da federação, bem acima dos 56,8% registrados na média nacional.
(mais…)